churrasco-cantinho
churr-escolha-onchurr-quantidade-onchurr-carnes-offchurr-coadju-onchurr-fogo-on
 

COM A MÃO NA CARNE

Assar uma carninha na brasa até parece simples. Mas para fazer um churrasco digno de elogios são necessários alguns cuidados.

 

Picanha – Símbolo do nosso churrasco, quanto menor mais novo é o boi e, portanto, mais macia. A dica é: não compre picanha acima de 1,5kg. E a manta de gordura deve cobrir o lado todo da peça.

O tempero é sal grosso e nada mais. Passe o sal na hora de levar a peça para a churrasqueira (isso vale para todas as carnes vermelhas).

É aconselhável dar uma selada rápida na carne. Para isso, coloque-as a uns 15cm da brasa, e, depois de selar os dois lados, suba para uns 40cm. Selar ajuda a manter a maciez e a suculência da carne.

Uma dica para saber se está no ponto é quando a carne está dourada. Essa carne é saboreada mal passada ou ao ponto, com o miolo bem rosadinho.

O segredo da picanha é o corte, que deve ser feito no sentido da gordura para a carne. A manta de gordura é que deixa a carne mais saborosa.

Fraldinha – Carne de pouca gordura e muito suculenta. Pode ser feita no espeto ou na grelha, e deve ser cortada em tiras grossas.

Contrafilé – Prefira os pedaços com gordura uniforme. A gordura é importante para manter a umidade da carne. Na hora de assar, o indicado é a brasa bem quente para que a carne não fique borrachuda. É uma carne macia que deve ser servida mal passada ou no ponto.

Costela – Além de no bafo, essa parte do boi pode ser preparada como as outras carnes mais durinha, como é de costume no Sul do país.

Alcatra – É macia e tem pouca gordura. Fica excelente no churrasco, tanto no espeto como em bifes grossos na grelha. Evite corte finos, pois isso pode deixar a carne seca.

Frango – A coxinha da asa e o meio da asa têm público cativo nos churrascos. Podem ser assadas no espeto ou na grelha e preparadas com temperos diferentes além do sal.

Porco – Geralmente as partes usadas são o lombo, a picanha e o pernil. Pode levar sal grosso e outros temperos.

Linguiça – Ela faz parte do carro abre-alas do churrasco. A mais usada é a calabresa. Uma dica importante: não fure a linguiça pois ela perderá o líquido e ficará seca. Outro detalhe: não há necessidade de tempera nem de ferver antes de ir para a churrasqueira.

Queijo – O queijo tipo cabacinha é muito consumido nas churrascarias, porém nos churrascos caseiros ele não é frequente devido à dificuldade em assá-lo. O segredo é sela-lo em fogo alto até criar uma casquinha e depois subi-lo para o andar de cima da churrasqueira.

picanha (Copy)